terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

Narrativa de Teses do Blog Professor Tim sobre teses e anti-teses a respeito da morte ou não de Deus!

Narrativa de várias teses do nascimento e da morte de Deus!
Maioria delas estão no livro de Thomas Nelson, "Deus não está morto", contestado frase filosófica de filósofo ateu, Friedrich Nietzsche:
"Deus está morto".
Obra literária de um acadêmico teísta crítico dos que mataram e assassinaram o Deus monoteísta das principais religiões cristãs.
A obra de Nelson (Deus não está morto)Resultado de imagem para fotos e imagens do livro deus não está morto, com prefácio de Augusto Cury, é profundamente teológica, com base na Bíblia do Antigo e do Novo Testamento, buscando explicações racionais para a existência de Deus como o Todo Poderoso que criou a Humanidade e o Universo.
Mas no mesmo livro, a tese do Multi-verso (vários universos), contestando a Terra que foi criada por Deus, é citada como uma das preferenciais dos ateus para pregar a não existência e a morte de Deus. 
É a Teoria das Cordas, ramo muito popular dele e , derivada mecânica quântica e da teoria relativista, apontando a visão quadrimensional do Universo.
Há muitas e outras teorias, prós e contra, como a teoria do Antropismo -de que o Universo foi criado por um "design" inteligente por um Deus favorável e à imagem do ser humano.
Há muitas e outras teoria teístas e ateístas.
Mas sem dizer que Deus é vivo ou morto!
________________________________________________
Autor do artigo: Professor Tim é cientista político e blogueiro.

Não entro no debate. Torço para o Botafogo.

A imagem pode conter: texto

Dissertação do Blog Professor Tim sobre a oposição legislativa do vereador Teixeira.

Dissertando e analisando a oposição política e legislativa do vereador Teixeira ao governo Rafael!
Contra o 'Consenso de Washington', ou seja, a união municipal de todos os grupos políticos e facções apoiando o governo Rafael, idealizada pelo pai e principal guru do Dr. Rafael, Washington Pedrosa, sofreu seu 1º dissenso e seu batismo de fogo oposicionista.

O vereador Teixeira (PDT), aliado ao vereador Antonio Carlos (PV), forma a pequena mas barulhenta oposição legislativa ao atual governo na Câmara de Nova Russas.
O projeto de Lei do Poder Executivo (008), que aumentou a conta de água em até 90% (consumidores residenciais) e na média de 48% para os outros consumidores de água (industriais, comerciais, públicos), foi a gota d'água para o vereador Teixeira assumir-se 100% oposição, por conta da insatisfação popular diante do aumento, mesmo com os argumentos governistas de que era fundamental aumentar a tarifa para não entregar o SAAE à Cagece.
Tudo bem que o vereador Teixeira defendeu radicalmente o desgoverno de Gonçalo Diogo, mas isso não impede dele ser um radical vereador de oposição, aproveitando erros do governo Rafael, como fez em relação ao aumento abusivo na conta de água.
Não foi o único motivo da virada oposicionista de Teixeira. Rivalidade política com as vereadoras Izabel Moura, líder do governo Rafael, e com a eterna desafeta, Toinha do Capitão, foi outro motivo, na questão do governo municipal ter optado por favorecer as duas vereadores nos cargos governamentais em detrimento dele.
Embora com apoio apenas do vereador Antonio Carlos, a oposição do vereador Teixeira não deve ser subestimada. Tem gogó, tem faro em investigar atos administrativos no Portal da Transparência e tem uma comunicação com diversos setores.
Mas resta saber se o vereador Teixeira vai ter apoios de vereadores governistas insatisfeitos com o atual governo, ou se terá a retaguarda do deputado Jeová MotaA imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé, pessoas sentadas e área interna, que entregou emendas a ele e outros vereadores para a construção de várias 'areninhas' na sede e nos distritos de Nova Russas.
Digo retaguarda no sentido de dar a Teixeira as ferramentas para uma oposição técnica e bem orientada, inclusive com suporte na midia.
Mais. Prefeito Rafael está indo muito bem, mas é preciso não cometer alguns erros políticos, precisando de melhor orientação.
A formação do secretariado, embora com acertos em entregar secretarias a políticos, a política de porteiras fechadas de alguns secretários (empregando apenas os iguais de seu grupo), não está certa.
Se cometer erros, vai ser bom para o vereador Teixeira crescer a oposição ao trabalhar em cima dos erros do governo.
Até agora agora a oposição de Teixeira só está fazendo barulho.
Mas oposição é oposição e sempre cresce.!
__________________________________________
Autor do artigo: Professor Tim é cientista político e blogueiro.

Também não entendo, mas é a vida!

A imagem pode conter: texto

Leo Feitosa. Gerente da Caixa Econômica em Sobral.

A imagem pode conter: 1 pessoa

Artigo do Blog Professor Tim sobre brutal assassinato de um adolescente durante carnaval de Nova Russas.

Adolescente é brutalmente assassinado na principal avenida do carnaval de Nova Russas!
Um conflito de jovens infratores do Morro da Gaiola terminou no brutal assassinato de um jovem adolescente do Morro da Gaiola, vinculado à família 'Barra Limpa', em plena avenida J. Lopes Pedrosa (Avenida Progresso) -a principal avenida do carnaval de Nova Russas e bem próxima da Rodoviária.
O adolescente Paulo Henrique da Silva Nascimento, 17, filho da 'Dilurdes', foi morto de maneira covarde e brutal, atingindo com uma faca mortal no tórax abdominal, derramando o sangue todo e morrendo após receber os primeiros socorros na Hospital Municipal José Gonçalves Rosa.
O crime hediondo contra o adolescente, por conta de uma rixa antiga,  teria sido praticado por uma gangue rival de jovens da periferia e do Jovinão: Alan (filho do Eliézio Baixinho), Dênis (filho do Baião, traficante assassinado em Nova Russas), Toinho (Irmão do Biscoito) e Bruno Batata.
O pior é que não havia policiais e seguranças na hora da referida briga que ocasionou a morte chocante do adolescente, segundo contam populares.
Até agora os homicidas não foram presos e a vitima será enterrada amanhã.
Nossos pêsames à família enlutada!
__________________________________________
Autor do artigo: Professor Tim é cientista político e blogueiro.

Belas gatas e maravilhosas divas.

A imagem pode conter: 1 pessoa, céu e atividades ao ar livre
A imagem pode conter: 1 pessoa
A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas em pé e close-up
Nenhum texto alternativo automático disponível.
A imagem pode conter: 1 pessoa
Nenhum texto alternativo automático disponível.

Casamento e Assombrações. Dois importantes textos do doutrinador José Matos.

CASAMENTO - Após uma vida de sofrimento com casamento, pode-se optar pra, na volta, o casamento não fazer parte da programação existencial. Neste caso, a pessoa mesmo querendo, não terá o apoio espiritual para encontrar alguém. Será uma vida de tranquilidade em relação a parceiros e parceiras; Uma pausa para o reequilíbrio das emoções. Se, excepcionalmente a pessoa conseguir, a ferida da experiência passada, aflorará e uma situação de neurose poderá instalar-se. Torne-se uma pessoa interessante, mas não force a barra.
ASSOMBRAÇÕES - Em geral, espírito que assombra não é mal; é sofredor. Não há pq ter medo se vc for dormir em algum lugar e ouvir passos, sons de panela caindo, batidas, sons de corrente arrastada, etc. Pense em alguém sofrendo, faça sua prece por ele, e durma em paz, mas a prece não funciona se for feita com medo, com desespero, para que Jesus o queime ou para que o espírito saia. Prece é sentimento e confiança.
Autor: José MatosA imagem pode conter: 2 pessoas, área interna - DF.

1º Ensaio do Blog Professor Tim sobre Karl Marx.

Trabalhadores e proletários do mundo inteiro: uni-vos contra Karl Marx e seu falso "comunismo"!!!
É um ensaio crítico a respeito de que, depois dos governos operários de Walesa (Polônia), que restabeleceu o capitalismo; e de Lula, no Brasil, que governou com a burguesia corrupta dos bancos e das empreiteiras, a ideologia proletária do operariado de Karl MarxResultado de imagem para fotos e imagens de karl marx tomando o poder pela via revolucionária, perdeu sua força e credibilidade entre os operários do mundo inteiro.
Nascido Karl Heinrich Marx em 1818, na Prússia [atual Alemanha], o abestado e caduco Karl Marx não passou de um bandido a serviço da burguesia financeira internacional contra a classe operária, abandonando os 5 filhos na sarjeta e morrendo tuberculoso com a bunda cheia de furúnculos.
Mais burguês do que operário, no próprio primeiro capítulo do seu "Manifesto Comunista", escrito em parceria com Friedrich Engels,  Karl Marx disse que a "burguesia fez tudo que existe no mundo, sendo a melhor classe social e a mais revolucionária".
Exatamente isso. 
Karl Marx surgiu no mesmo momento histórico da ascensão do imperialismo industrial inglês, daí que tenha escrito "O Capital"  como a Bíblia de valorização do capitalismo e do imperialismo industrial inglês, dominante a partir da Revolução Industrial para acabar com as indústria manufatureiras de vários continentes.
Defendendo um certo determinismo sobre a produção econômica e os próprios sistemas econômicos, ou eurocentrismo econômico. Economicismo no "O Capital", livreto financiado pelos burgueses,  de que os sistemas econômicos tinham começo e fim. Determin ismo econômico começando no escravismo, passando pelo feudalismo, chegando ao capitalismo e passando ao comunismo. Resultado disso foi um fracasso total, com a eterna sobrevivência do capitalismo.
Outras sandices de Karl Marx. 
Marx escreveu que o proletariado era a única classe social politizada e revolucionária, mas na Alemanha e em outros países fortemente industrializados nunca foi.
Ateu fundamentalista e ortodoxo, Marx afirmou que todas as religiões eram ópios e alienações do povo, defendendo a destruição de todas as religiões. Não funcionou na prática.
Resultado prático das idéias de Karl não foi nada bom. Muitos países que adotaram suas idéias fracassaram econonicamente.
E o proletariado não chegou a lugar algum depois de Karl Marx.
Melhor seria mudar agora o slogan:
Proletários do mundo inteiro, uni-vos contra Karl Marx.
Pois Marx é o coveiro do proletariado!
Materialismo histórico versus materialismo dialético...
De acordo com a tese marxista, o materialismo histórico seriam as lutas de classes entre as classes sociais, ou seja: lutas da exploração do homem pelo próprio homem, existentes nos sistemas sociais e econômicos. Materialismo histórico explica que não é Deus quem faz a história, mas as lutas dos trabalhadores/operários em sindicatos e centrais sindicias, é que vão transformar o mundo e implantar o socialismo. 
Tudo isso nos vários conflitos de classes sociais ricas e pobres: Escravismo com seus escravos e faraós, Feudalismo nas guerras entre servos e senhores feudais, capitalismo nas batalhas ferozes entre operários e industriais etc.
Tese central do Materialismo dialético é. Base econômica e material de todos os sistemas produtivos determinam a superestrutura, ou seja, as idéias dominantes nos setores jurídicos, religiosos e culturais. Explicando que as classes dominantes sempre impõem suas idéias básicas. Mudando apenas quando os trabalhadores e operários se revoltam e derrubam pela força [luta de classes] a classe dominante.
Mais Valia absoluta e relativa...
Ocorre a mais valia absoluta quando o patrão amplia demais a jornada de trabalho e as horas extras, ganhando em cima do trabalhador babaca que trabalha de graça para o dono da empresa.
Mais Valia Relativa vem em cima da mecanização e da tecnologização, para aumentar a produção, e o trabalhador é substituído por caixas eletrônicos, leituristas ópticos, máquinas modernas, computadores etc., o que faz com que os empresários, os banqueiros, os donos de supermercados tenham mais lucros e o desemprego aumente para os trabalhadores.
________________________________
Origem da Família, da Propriedade Privada e do Estado...
Obra marxista fundamental para entender como surgiram as famílias atuais, a propriedade privada e o próprio estado totalitário -escrita em parceria com Engels. 
Afirmando que a base material determina a consciência, ou seja, a economia e o dinheiro, sendo que os homens vivem a partir da base material, Marx escreveu a verdadeira cronologia da história da Humanidade. Definiu os estágios humanos da Pré-História em Selvagem, Barbárie e Civilização.
Estado Selvagem ocorreu quando os homens viviam em cima de árvores feitos macacos, alimentando-se de peixes assados em fogueiras [domesticou o fogo], inventando o arco e a flecha para caçar no clima domesticado das encostas dos rios, sem propriedade privada e sem Estado. 
Já a Barbárie vem com o surgimento das cerâmicas, das plantas nativas e dos animais domesticados na fase inferior. A fase média inclui o domínio absoluto dos semitas. Enquanto a fase superior surge com a invenção do arado de ferro puxado por animais, derrubada de matas etc.
Na mesma obra, Marx ainda explica o surgimento das comunidades gentílicas e das organizações familiares. Os parentescos familiares foram construídos historicamente pelos sistemas históricos, jurídicos, filosóficos, religiosos etc.
Assim, ao longo do tempo, o poligamismo cede lugar ao monogamismo, indo do simples ao complexo, surgindo, nos matrimônios por grupos a descendência só era determinada pelo lado materno; Na família passa a ser a monogamia prevalecendo, e tem início o patriarcado.
Patriarcado originado da monogamia, do rapto de mulheres, acabando o incesto e as uniões conjugais vão se consolidando.
Com o aumento das riquezas o homem passa a ter mais importância do que as mulheres nas famílias. A filiação familiar tornou-se direito paterno. A família era apenas um conjunto de escravos pertencentes a um mesmo homem. DNA do domínio absoluto masculino sobre o feminino e do Pátrio Poder.
Explicando que o Estado atual é resultado de tudo isso e das relações sociais de produção. Base material do sistema produtivo vigente. Domínio da super-estrutura pela classe classe social que domina a produção e a economia.
________________________________
Hegel, Hegelianismo e Marx...
Para Friedrich Hegel, filósofo alemão católico, a realidade é histórica e conflitiva, em constante processo (vir a ser). 
Em sua teoria, a oposição ou negatividade (o conflito) da tese, da antítese e da síntese.
Enquanto o sujeito desse mundo em movimento é o Espírito do Mundo (Consciência Absoluta), a historicidade é concebida como história do progresso da consciência da liberdade. 
Nesse sentido, as formas concretas de organização social (Império, Estado Absoluto, Estado Constitucional) correspondem a imperativos ditados pela consciência humana (a realidade é determinada pelas idéias dos homens e são eles que fazem a consciência e escrevem a história).
Por outro lado, Marx critica a noção hegeliana de Estado como espaço político de realização do universal da razão e do espírito humano: "o Estado é a sociedade civil alienada de si mesma, ou seja, o particularismo das classes sociais que, no caso do modo de produção capitalista, é o da classe burguesa, imposto ao conjunto da sociedade como universalidade (ideologia como ocultação de verdade e justificativa de dominação).
A saída seria a revolução comunista, síntese de todas as emancipações humanas: religiosa, civil, social e econômica. 
Invertendo a dialética hegeliana: eliminando o Espírito como essência, ou seja, Deus, já que a origem da realidade social não residem nas idéias, na consciência que os homens têm dela. Mas na ação concreta material da humanidade em produção.
Se, para Hegel, a realização progressiva do Espírito é um processo de consciência, para Marx, é, entre outras noções, a marcha da classe proletária rumo ao comunismo el que se confunde com a marcha da história, uma marcha racional com um télo (o que finaliza a plenitude).
No entanto, o que se tirou com uma das maãos, acrescentou-se com outra: mo Sujeito (essencial e objetivo) retorna novamente. 
Ao invés de Espírito Absoluto, diferente de Hegel, para Marx, é uma classe social (proletária) revolucionária, portadora da verdadeira liberdade.
Visão em Paralaxe contra Marx...
A partir de conceitos psicanalíticos-marxistas, Slavov Zizek, em "Visão de Paralaxe",  defende abertamente o materialismo dialético e as mais diversas idéias de Karl Marx, apenas dando uma reformada em conceitos como Luta de Classes e hegemonia do proletariado na revolução social. 
Zizek critica o capitalismo midiático e tecnológico, que, romperia com a temporalidade, empregando representações virtuais do futuro. O trabalhador, então, dentro do capitalismo tecnológico, viveria apenas um gozo futurista, alienando-se no presente. 
Chamando isso de ativismo da inter-passividade, o qual cria simulações alienantes de aceleração: Ferrari a 300 km por hora, um novo celular de última geração com Zap e tudo.
História e consciência de classe...
Principal obra marxista de George Lukács, critica o proletariado como a versão proletária da burguesia. Quer tomar o poder da burguesia para fazer o mesmo que a burguesia. Não sendo uma classe social tão revolucionária e tão progressista assim.
Filosofia da Miséria e Miséria da Filosofia...
 Em "Miséria da Filosofia", explica Karl Marx, em polêmica com Bakunin [Papa do Anarquismo];  segundo os economistas, só há duas espécies de instituições. 
As instituições do feudalismo são artificiais, as da burguesia são naturais. Tudo é a economia que manipula tudo.

Portanto, assim, as idéias filosóficas de Bakunin, em "Filosofia da Miséria", não valem nada. 
Metafísica de Bakunin não explica o sistema capitalista e seu materialismo histórico e dialético.
 As religiões católica e protestante estão a serviço da dominação de classe para a burgueisa e dos reis absolutos e presidentes corruptos, finalizou Marx.
Marx inspira vários partidos de Esquerda no Brasil...
Mesmo com a queda do Muro de Berlim e do fim dos regimes do realismo socialista bolchevique-estatista na finada União Soviética, vários partidos políticos no Brasil ainda se guiam pela ideologia Marxista.
O Partido Comunista do Brasil (PC do B) mistura Marx com Lênin e com Stálin. Um pouco diferente, o PCB segue apenas Marx e Lênin.
O PT, mesmo hoje de centro esquerda, tem uma corrente interna chamada Esquerda Marxista.
E o PSTU, que começou como Convergência Socialista de Marx, também é Marxista. Idem para o PSOL, ou Partido do Socialismo e Liberdade, que é de extrema esquerda e aponta Marx como um dos iluminados da Terceira Internacional Socialista -liderada por Trotsky.
Túnel do Tempo...
Que fim levou a edição em alemão de "O Capital", escrita em 1840?
É o novo!
Comunista de Nova Russas disse que, em 1960, entrou em contato com as obras de Marx.

________________________________
Ensaísta: Professor Tim é cientista político, blogueiro e estudioso das obras de Marx. 

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Seleção do Blog Professor Tim das melhores piadas de Nova Russas.

Seleção das melhores piadas de Nova Russas!
Não foram poucas as piadas sobre Nova Russas que já escutei. Foram muitas piadas. Piadas de todos os gostos e para todos os públicos.
Melhor: piadas criadasResultado de imagem para piadas para maiores de 18 anos com imagens pelos próprios novarussenses.
Daria uma grande obra de arte literária se fossem escritas.
Vou repassar algumas para meus leitores.
Morreu, mas bem melhor...
Um ex vereador de Nova Russas (saudosa memória), recebeu uma senhora com seu filho muito doente, pedindo uma ajuda até pelo amor de Deus.
O ex vereador ajudou com medicamento, caixa de comprimidos. Dias depois, quando viu a mulher novamente, perguntou:
-como vai seu filho?
-a senhora respondeu: morreu!
-ex vereador: morreu, mas bem melhor!
Apenas um mero expectorante...
Ex prefeito de Nova Russas, não muito letrado, indo a um a reunião, em Fortaleza, barrado na porta do evento, foi logo dizendo: -não vim prá brigar. Quero ser apenas um mero expectorante, na verdade, queria dizer expectador.
100 erros no discurso...
Um parlamentar completamente analfa, foi fazer discurso no distrito de São Pedro, e, ao terminar sua fala, perguntou ao assessor quanto erros de português: -quanto erros cometi? -99, disse o assessor? no que o prefeito disse: cuma? -pronto inteirou as 100, disse o assessor.
O que eu vim fazer em Tamboril?...
Um conhecido tipo popular, ao ir a Tamboril, chegando lá peitou num poste, quando, inconsciente, na chegada da polícia, perguntou: -em que cidade estou? -em Tamboril? -pois pode prender, não sei o que vim fazer na terra do louro!
Piadas dos tempos do Olindino...
Seu Olindino era um conhecido técnico de Nova Betânia. Disse que jogou contra e marcou Garrincha do início ao fim da partida, sendo consagrado pelas torcidas aos gritos de: Olindino! Olindino!
Não mistura, não!...
Tinha um tipo popular em Nova Russas, de apelido Garapa. Quando os jovens se encontravam com ele, repetiam: Açúcar, água. No que o Garapa respondia: se misturar, leva faca nos peitos e nas goelas!
A funica, Zé!
Morador do Major Simplício, numa festa do Mandu, foi transar com uma gaga dentro das moitas, mas deitou a gaga em cima de um formigueiro, que gritava: -afunica, Zé! Estou afunicando! -Afunica, Zé! -Estou afunicando, diabo! a gaga queria dizer as formigas.
Zoo...
Zé Pica Pau entrou no Bar Século XX, que há muito existia em Nova Russas, encontrou apenas figuras zoológicas: João Nambu, Zé Bafo de Onça, Chico Papagaio, Antonio Sabacu, Chico das Rolinhas, Antonio Leão, perguntando, no final: -isso aqui é um bar ou um zoológico?
Túnel do tempo...
Que fim levaram as piadas sobre o Zé Relojoeiro.
_________________________________________
Autor do artigo: Professor Tim é cientista político e blogueiro.  

Consagrado intelectual, Montezuma Sales tomou uma atitude bem cultural em pleno carnaval. Visitou a terra símbolo de Cora Coralina, a maior expressão da poesias crítica do Goiás. Viagem cultural que vai fortelecer sua expressão escrita para fazer novos tijolaços virtuais contra gestão Machado.

VISITEI CORA CORALINA
Hoje, em tempo de carnaval tomo atitudes, faço coisas, sinto outras que não dizem nada da folia de momo. Desta vez, e neste ano decidi que visitaria Cora Coralina, lá na cidade onde imortalizada, encantada, vive. Em Goiás Velho-GOA imagem pode conter: céu, nuvem e atividades ao ar livre. A cidade está parada no século XVIII, com suas ruas de pedra tosca, suas ladeiras, suas casas com muitas janelas, suas pontes de madeira que por ela, a qualquer hora poderá passar um carro de boi, uma comitiva, um grupo de escravos acorrentados, e um rio que a corta de ponta a ponta. Mas, porque visitar Cora Coralina, tão longe? Nem tudo nada vida, tem explicação. Ademais, longe é um lugar que nao existe. Quem já prestou a atenção na forma, no trato da palavras, na suavidade da ideia, na maneira como Cora escrevia, fica claro perceber que ela dá vidas aos bichos, aos fenômenos da natureza, aos sentimentos. Dialoga com eles. Tudo o que mais tento me aproximar, e pouco ou quase nada, sei, consigo. Cada um fala, uma fala própria que ela sabiamente conseguiu eterniza-lo na Literatura. E tem seu primeiro livro publicado com 76 anos. O que prova ser a vida um serie de círculos concêntricos, que nunca se sabe onde começam ou onde terminam. Dentro da casa/museu de Cora é terminantemente proibido qualquer tipo de fotos e filmagens. Muitos dos seus objetos pessoais, seus livros, seus utensílios sua cama, suas compotas de doce, já que era doceira por profissão, sua maquina de escrever, que ela deixou de lado para exercitar sua arte manuscritamente. Na sua escrivaninha tem dois livros que eram usados por ela nos seus escritos, quando dava vida a seres inanimados. Um era um Dicionário, a quem ela chamava de meu filhinho, e o outro livro era " Grande Sertões, Veredas" do grande Guimaraes Rosa. Como já disse, não é permitido a fotografia, por ordem expressa da família. O que entendo ser um grande equivoco. Hoje com a facilidade de divulgação, o feito de Cora Coralina tomaria outra dimensão. Nas paredes da casa estão grafados textos, falas, pensamentos. Um deles, que precisei ler varias vezes para "decorar" todas as palavras repetirei aqui, agora: " Não tenha medo dos anos e não pense na velhice. Não pense e nunca diga estou envelhecendo. Estou ficando velha. Eu não digo. Eu não digo estou ouvindo pouco. Só quando preciso. Eu não digo nunca a palavra estou cansada. Nada de palavras negativas. Quanto mais você diz que estou ficando esquecida. Mais esquecida fica. Você vai ser convencido daquilo e convence outros. Então silencio! Sei que tenho muitos anos. Sei que venho do século passado. Mas não sei se sou velha. Você acha que sou velha?". Foi um prazer encontrar Cora Coralina. E definitivamente eu não a acho velha. Aqueles que encantam, que transcendem, que se perpetuam, não envelhecem. Pairam! E quando já de saída, Cora alerta: " Meu filho, 90% das citações nas Redes e que são atribuídas a mim, eu não as reconheço" E nem eu.

Artigo do Blog Professor Tim sobre intolerância e radicalismo político na eleições presidenciais do Brasil.

Intolerância, radicalismo e maniqueísmo na sucessão presidencial no Brasil!
Sou autor do título acima e vou fazer o texto na 1ª pessoa.
Por que?
Porque sou testemunha da história e acompanho as eleições presidenciais desde 1989, quando os aliados de Collor e petistas-comunistas travaram guerras políticas verbais e físicas na disputa presidencial entre Collor (direita/neoliberalismo) e Lula -operário representando a Frente Brasil Popular e a chamada Esquerda.

Apenas passando por um breve período de uma certa tolerância política, no caso das disputa de FHC contra Lula, o radicalismo e o sectarismo voltou na disputa entre Dilma, uma feminista intolerante, e o então candidato do PSDB -representando o centro conservador e direitista dos tucanos entreguistas.
Disputa radical e sectária de Dilma versus Aécio, em 2014, em nome do maniqueísmo, ou seja: a visão dual do mal versus o bem, do diabo versus Deus, que vem desde a disputa entre Ahura Mazda e Arimã, na antiga Babilônia.
O PT e o PSDB são maniqueístas. O PT se acha o suprassumo ideológico da ética, da transparência, do socialismo e das lutas dos trabalhadores, como se uma organização política perfeita. 
Já o PSDB é o paladino da moral e dos bons costumes, empunhando a bandeira do moralismo conservador, mas fazendo tudo diferente da teoria quando é governo.
Essas duas forças políticas e partidárias, não muito diferente de eleições presidenciais passadas, vão se enfrentar com raivo, rancor e discursos sectários em 2018.
Lula deve ser o candidato do PT em 2018, fazendo um discurso de vítima e tentando ser novamente o candidato dos operários, da esquerda tradicional e das reformas, mesmo, que, como presidente, não fez nada disso.
Aécio Neves, a quem o sectarismo petista-comunista (leia-se PT e do PC do B), numa baixaria total o acusa até de ser viciado em cocaínaA imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo, texto, pode ser novamente candidato à Presidência, caso não seja atropelado pelo PSDB de São Paulo: governador Alckmin, prefeito João Dória.
Além de Lula e de Aécio, na governança tucana-petista de mais de 20 anos seguidos, há outros candidatos não menos radicais e sectários na disputa presidencial do próximo ano.
A radical verde, xiita da ecossocialismo, Marina Silva deve ser novamente candidata presidencial. Candidato da Rede, partido que é uma verdadeira rede rasgada de tantas ideologias e hipocrisias.
Representando o finado trabalhismo do PDT do Brizola, Ciro Gomes, que não tem nada de trabalhista, será o candidato pedetista ou do que resta do partido brizolista.
Na extrema direita, o capitão reformado (Exército) e deputado federal, Jair Bolsonaro, sempre chamado de nazista pelo patrulhamento ideológico de Esquerda, vai disputar pelo Partido Social Cristão -PSC.
Candidatos extremistas que indicam uma campanha muito mais radical e sectária do que as anteriores.
Salve-se quem puder!
________________________________________________
Autor: Professor Tim é cientista político e blogueiro. 

Coluna do Blog Professor Tim pedindo um basta em tanto Axé e Forró Elétrico no carnaval de Nova Russas.

Basta de Axé e de forró elétrico no carnaval da Liga e do Valcélio do Paredão!
Digo carnaval da Liga Carnavalesca de Nova Russas e do Valcélio do Paredão, secretário de Cultura, porque estão à frente e no comando da organização do Chame Gente 2017 -o mais popular, tradicional e festivo dos carnavais de toda a região, arrastando até 20.000 pessoasA imagem pode conter: uma ou mais pessoas e multidão no único carnaval de rua regional.
A expressão basta Axé e forró elétrico é porque, nos dois primeiros dias do Chame Gente, os únicos ritmos musicais tocados foram esses.
No sábado de carnaval, a animação musical, em cima do super trio Lapadão (sem som de qualidade) foi da Banda (forró elétrico) Forró Real que canta tudo, menos carnaval.
Da Bahia, como sempre, importaram bandas desconhecidas do Axé baiano, tipo Banana BoaA imagem pode conter: 1 pessoa, óculos de sol e texto, para cantarem músicas que ninguém entende e até algumas conhecidas, como a Dalila.
Axé prá lá da conta, muito mais do que no carnaval de Salvador, que canta os vários ritmos. Ou forró elétrico do Forró  Real, cujas letras falam de cachaça, de corno, de loucuras, e menos de carnaval.
Isso ainda é herança musical e fruto de organizações passadas de outros carnavais, mas que continuou no carnaval de 2017.
Tudo bem que boa parte do público gosta desse tipo de bizarrice musical, ou agrade ao secretário de Cultura, Valcélio do ParedãoA imagem pode conter: 2 pessoas, multidão -adepto, com seu paredão de som, do mundo do forró elétrico, sendo amigo de vários vocalistas e de empresários das referidas bandas forrozeiras elétricas.
Mas, por um lado, se há um público juvenil e de adolescentes burguesinhos sem causa, que gosta mde marchinhas e de outros ritmos carnavalescos, tem um bom público que prefere as marchinhas, os samba canção e outros ritmos melhores.
Ainda dá tempo de corrigir, colocando e tocando marchinhas de carnaval e outros ritmos.
Pois nem só de Axé e de forró elétrico vive o carnaval de Nova Russas!

Desprezo aos artista locais?
Ótimo violonista e vocalista, o jovem Francisco Carvalho -Kico-, em seu (Facebook), escreveu que o carnaval Chame Gente é uma desmoralização com os artistas locais e da terra.
Sua crítica foi seguida e compartilhada por dezenas e dezenas de pessoas, criticando o nosso carnaval por essa e outras razões.
Sozinho no meio da multidão...
Não fosse a presença do eterno amigo e assessor, professor Reginaldo Silva, o deputado Jeová MotaA imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas em pé, noite e atividades ao ar livre teria brincado sozinho no carnaval Chame Gente, diferente dos carnavais passados, quando era a estrela maior e o principal mito do período carnavalesco, sempre cercado de uma multidão de foliões.
Por que Jeová Mota não é mais o grande nome do carnaval de Nova Russas? Está faltando midia? 
Blog está à disposição!
Camaleões e camaleoas na folia...
Um dos blocos mais animados do nosso carnaval tem sido dos CamaleõesA imagem pode conter: 12 pessoas, pessoas sorrindo, multidão. Reunindo dezenas e dezenas de foliões e um grande número de simpatizantes.
Multidão se encontra ali...
Quando o trio elétrico desce da rodoviária, as multidões carnavalescas do Chame Gente se encontram nas duas avenidas principais:
João Gregório Timbó com Joaquim Lopes Pedrosa (J. Lopes Pedrosa)A imagem pode conter: 16 pessoas, multidão e atividades ao ar livre, nas imediações do antigo Bar do Jurandir.
Delegata do Chame Gente...
Advogada das mais competentes e procuradora adjunta do município, Isabele Pedrosa brincou o carnaval fantasiada de delegadaA imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas em pé, shorts, noite e atividades ao ar livre e de oficial militar, mantendo a ordem na desordem carnavalesca.
Ainda, ao lado das primas (Rejane, Cibelle, Cinara, Sabrina e outras), animou o bloco Arrastavares -Bloco das TavaresA imagem pode conter: 8 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé.
Rei da NET na folia...
Cláudio Neto, maior dos maiores empresários de informática da nossa região, brincou como ninguém na folia. 
Vestia uma camisa preta com expressão em inglês: "Choose Your Weapon", que quer dizer em português: siga sua armaA imagem pode conter: 21 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e shorts.
Carnaval é da juventude...
Explodir suas emoções. Serve até para aproveitar os prazeres da bebida, seja guaranáA imagem pode conter: 16 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé ou outros tipos de bebidasA imagem pode conter: 11 pessoas, pessoas sorrindo.
Graças a Deus...
Para que, como a empresária Andréa GinuA imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sentadas e shorts, que passou por um grave problema de saúde, vê-la sentada ali, pulando o carnaval com seu animado bloco (Nação Rubro Negra), é um milagre de Deus.
Deus também faz milagres no profano do carnaval.
Mais um bloco no carnaval...
Com um nome muito popular: Pro Amigos, formado pela comunidade juvenil do Pantanal. Irmãs Ligelma e LigervanisA imagem pode conter: 9 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e shorts no comando.
Flash da angulação correta...
Fotografia bem tirada de cima para baixo, foi um flash perfeito na angulação correta. Focou bem o decote sensual de uma foliãA imagem pode conter: 8 pessoas, pessoas sorrindo.
Túnel do tempo...
Que fim levou o carnavalesco Carmo Filho, que ainda foi visto no Chame Gente?
Perguntar não ofende...
Que fim levou o Jegue Trio, do José Wagner, que toca muito bem as marchinhas de carnaval?
É o novo...
Carnavalesco das antigas lembrando que, no trio elétrico do Edinásio só tocava as melhores marchinhas dos antigos carnavais.
__________________________________________
​Colunista: Professor Tim é cientista político, blogueiro e crítico carnavalesco.

Dr. Inácio Ferreira é um dos mais iluminados espíritos de Luz no Espiritismo do Brasil e do mundo. Foi nele que José Matos se inspirou para escrever seu excelente: Sanidade Mental.

SANIDADE MENTAL - " Parece que todo mundo anda doente, não é, Manoel ? ( Dr. Inácio Ferreira - psiquiatra ). Dr, é mesmo! o que será? Falta de Evangelho, meu caro. É o coração quem comanda a cabeça. Os nossos equívocos nos provocam desequilíbrios - não raro, imperceptíveis. Vivemos distraídos de nossas carências espirituais - às vezes, até de propósito. Fomos criados simples e ignorantes, porém fadados à perfeição. Quem investe em claridade não caminha na escuridão. A certeza de que estamos, sinceramente empenhados no bem do próximo é a nossa única garantia de relativa sanidade. Se cada um procurasse apenas cumprir com o dever que lhe cabe em relação ao próximo, sobraria bondade na terra. O sentimento de gratidão é uma prece perene em favor daqueles que o suscitam em alguém. Indulgência significa ser o portador da graça divina aos semelhantes. Sem amor, a própria verdade se transforma em instrumento de opressão e domínio. Somente no amor a vida faz sentido. Sinta-se útil. Você pode sorrir, ser gentil, atencioso. Uma palavra amiga dita na hora certa é benefício sem preço. A ociosidade é o nosso pior adversário. Vamos oferecer alicerce sólido à construção de nós mesmos. Quantas lágrimas teremos ainda que derramar para, afinal, admitirmos a nossa imediata necessidade de mudança? Os melhores exemplos de amor ao próximo têm sido ignorados por nós. Deus é o Grande átomo da vida! Nós somos partículas subatômicas orbitando ao seu derredor, ansiando pela integração com o Divino Núcleo, a Ele deveremos voltar em nossa mais plena capacidade de amor e sabedoria". Dr. Inácio Ferreira, no livro " Trabalhadores da Última Hora".
Autor: José MatosA imagem pode conter: 2 pessoas -DF.

Coluna do Blog Professor Tim sobre a linguagem espacial no JMD e outros assuntos.

Explicando a linguagem do JMD pelo metropolização de Fortaleza!
A linguagem humana, que é diferente na fala dos animais, pode ser espacial e geográfica. A linguagem falada no Jornal do Meio (JMD, começando 2 minutos antes do meio dia), tem sua linguagem de acordo:
Com os valores e ideologias antropológicas, sociológicas, sociais, psicológicas e outros da vida metropolitana de Fortaleza e de sua Região Metropolitana -RMF.
A vida urbana em Fortaleza, que é um inferno, tem uma linguagem artificial, padronizada para todos os públicos, genérica e não humanizada. Algo que se vê na linguagem televisada do JMD em suas edições diárias, apresentadas por Ravi Porto e por Danielly PortelaDanielly Portela e Ravi Porto.
Um bom exemplo. Nas notas e reportagens sobre fatos violentos, quando se trata do envolvimento de pessoas do sexo masculino, é usada sempre a expressão homens. Não se diferencia e nem se chamam traficantes, latrocidas, estupradores, entre outros autores de delitos e de crimes, mas sempre homens.
Até operários da construção, que estavam trabalhando num tríplex do Barroso, foram chamados de homens. Como se homens fosse uma espécie padrão para não homogenizar e padronizar todos os homens na selva de pedra fortalezense, ou um discurso genérico de que todos os homens são criminosos.
Outra coisa. O mesmo vale para pessoa: toda e qualquer ser humano, de qualquer profissão ou de variadas funções e sobrenomes, são chamadas de pessoa ou de pessoas -de acordo com o número envolvido.
Em outros sentidos linguísticos, são usadas palavras do artificialismo urbano fortalezense, não inteligível para grande parte do povo do Ceará. Os apresentadores e repórteres falam linguagens e ninguém entende.
Linguagem marciana para os telespectadores!
Ordem e desordem medievais no JMD...
No banho de sangue do 1º bloco do JMD, os crimes são os mais diversos: tráfico de drogas, latrocínios, violência doméstica, acidentes fatais de trânsito, entre outros do caos urbano da violência generalizada.
Para combater a violência urbana, tem a Polícia Militar -instituição estatal de forte hierarquia e disciplina, surgida no período da Idade Média, visando manter a paz social e a ordem a qualquer custo para preservar as propriedades burguesas.
Outra entidade bem medieval em Fortaleza, tem sido o Conselho Regional de Arquitetura e de Engenharia (CREA). Sempre atuante na fiscalização e desabamento de edifícios e de prédios, como aconteceu no tríplex do Barroso.
Outro traço medieval fortalezense é a Guarda Municipal e seus fiscais de feira, que estão querendo a saída dos comerciantes populares e informais da Rua José Avelino (vizinha à Catedral Metropolitana), como mostrou o JMD.
É o medievalismo da ordem e da desordem no JMD!
Brasilianização, viagens e música de violão...
Embora um telejornal regional, Brasília e seus fatos políticos e de corrupção, sempre pautam o JMD. Demissão de ministros, eleição na CCJ, sabatina de Alexandre de Moraes foram alguns dos assuntos pautados.
Qualquer pessoa pode adoecer em Brasília, diante de tanta pressão, até mesmo senadores e ministros. O senador e presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB), se operou da vesícula, e o ex ministro da Casa Civil, Eliseu Quadrilha (ou Eliseu Quadrilha, para os íntimos), se operou da próstata.
Para chegarem a Brasília em suas viagens semanais, ministros e senadores usam aviões de carreira ou jatinhos particulares. Mesma coisa fazem os foliões que saem de Fortaleza para carnavais de Salvador ou Recife, pegando aviões no Pinto Martins.
Quem não pode ir de avião, vai de ônibus para algumas praias do Litoral Leste ou para destinos turísticos do interior cearense: Camocim, São Benedito na Serra da Ibiapaba e outros lugares carnavalescos.
Mas quem não gosta de música de carnaval, como axé e outros.
O jeito que tem é tocar e ouvir uma boa música de violão.
Ou valorizar as artes no Projeto Tô na Praça.
Tudo isso no 2º bloco do JMD.
Quem não gosta de samba...
O ceará é a terra do forró, mas o JMD prefere samba. Seja o maracatu sambado da avenida Domingos Olímpio ou as escolas de samba do município de Várzea Alegre: Roçado de Dentro, Sanharol.
Mesmo no Maracatu ou no samba, a repressão policial vai está perto. Para fugir do carnaval e da repressão policial, o jeito que tem é assistir as peças teatrais e exposições da Unifor e de outros centros culturais.
Mas voltando ao samba, quem não gostar do 3º bloco do samba do JMD:
"...bom sujeito não é..."
Coisas que só acontecem no JMD: Começa 2 minutos antes do meio dia; sem analistas e jornalistas especializados; pautas frias e câmeras antigas; apresentadores não passam de leitores de telepromter, apresentador tem nome árabe: Ravi etc.
Micos da Danielly...
Não pronuncia e não define as siglas, Danielly PortelaA imagem pode conter: 1 pessoa, área interna: Funceme (Fundação Cearense de Meteorologia), PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira), CUT (Central Única dos Trabalhadores) e tantas outras que ela não faz por não saber.
Também fala muito né, né. Vício de linguagem.
Vira mal para as câmeras.
Academicismo do abreviês...
Muito comum estudantes das universidades abreviarem nas palavras. Fonoaudiologia vira Fono, Odontologia vira Odonto, entre outros.
Assim faz Danielly com as repórteres: Mariana Sasso ela chama de Mari, Beatriz de Bia, Kílvia Muniz de Kia.
Anatomia vaginal comparada...
Balzaquiana que não é mais uma ninfeta, rugas de expressão no rosto, a apresentadora do JMD (Danielly Portela) faz tudo para que os câmeras não foquem seu vaginão, tapando toda hora com a folha do espelhoA imagem pode conter: 1 pessoa, área interna -que deveria ficar na bancada-, ou cruzando as pernas no sofazãoA imagem pode conter: 2 pessoas, sapatos e filho.
Mas, no descuido de Danielly, os câmeras focam bem seu bocetão brancão, vermelhão e douradão: parecido com a da Luíza Tomé. 
Bocetão de Danielly é largãoA imagem pode conter: tela, bem raso e não suportando penetrações penianas muito profundas, com lábios vaginais tipo picanha, bem raspado na vertical e na horizontal, tem hímen perfeito e está sempre lubrificado.
Jornalismo industrial do JMD...
Sempre naquela do mercantilismo jornalísticos. Poderosos grupos econômicos (Fiec, CIC, FCDL, entre outros), e políticos poderosos de expressão nacional, sempre são os donos das pautas do JMD.
Melhores repórteres do JMD...
São, sem dúvida, alguma, o Ricardo MotaJornal do Meio Dia - PF desarticula ..., a Kílvia Muniz, a Mariana Sasso, a Mirela Forte, o Remir Freire.
Túnel do tempo...
Que fim levou a ex apresentadora do JMD, Márcia Thé?
É o novo...
Sujeito lembrando que, nos anos 90, Danielly Portela era foca no SVM.
_________________________________________
Colunista: Professor Tim é cientista político e blogueiro, telespectador ombudsman e crítico de telejornalismo.

sábado, 25 de fevereiro de 2017

Há um quê de cruzada cívica a oposição virtual que faz Montezuma Sales ao prefeito de Crateús, Marcelo Machado. Em nova postagem, Montezuma condena as seleções simplificadas da gestão Machado como mesmices.

PREFEITO MARCELO MACHADO PRATICA MESMICES
Já disse aqui, que a grande maioria obtida pelo Empresário Marcelo Machado, hoje prefeito de Crateús deveu-se às propostas de fazer diferente do que vinha sendo feito até então. Mas, tudo até agora é um repeteco do que pior foi feito em gestões passadas.
Acabei de ler o Edital 01/2017 que regulamenta um "Processo de Seleção Simplificada" para a contratação de Professores. 
 No Edital em busca do Princípio da Legalidade cita várias Leis, no entanto omite a principal que é a Lei 8745/93, nos seus Incisos IV e VII. E se enrola todo ao citar o Art. 37, IX da Constituição Federal, o que reza sobre Contratações Temporárias.
E aqui reside a mesmice.
Gestões passadas usaram este inciso constitucional como mais uma hipótese de exceção à regra constitucional de seleção mediante Concurso Público. Um atalho para evitar o Concurso Público com sua isonomia, com sua impessoalidade, prevalecendo o mérito, sem o apadrinhamento.
Este Edital 01/2017 é uma atalho previsível, claramente eleitoreiro para evitar o Concurso Público com provas e títulos. E não somente o suspeitíssimo processo de seleção onde o principal ítem da seleção é uma entrevista feita por uma comissão composta por membros dessa nova gestão. Onde já se viu, mesmo em Processo Simplificado contratar Professores sem fazer provas escritas? Só em Crateús, mesmo.
Está mais do que evidente que os selecionados serão os indicados por vereadores e as promessas de campanhas serão "honradas" através desse bisonho Processo de Seleção Simplificado.
Contratar praticamente por entrevistas, logo depois de eleição, com vereadores e outras lideranças sequiosos por cargos públicos é acintoso. É um deboche.
O Edital é repleto de inconsistências.
Ora, se é temporário, e o art. 37, IX exige que seja em caráter emergencial, especifico, com tempo rigorosamente determinado. O Edital diz no seu 13.2 que os aprovados não serão convocados de pronto, ficando como expectativa de posse. Contrariando a "temporariedade" que tem caráter emergencial.
Outra omissão do Edital é não especificar o número de vagas. Deixa em aberto. Contrata até saciar a necessidade eleitoral?
Edital 01/2017 traz o tempo de validade desse Processo de Seleção, que é de 1 ano, prorrogado por mais 1, mas novamente se omite por não trazer o tempo que estes contratados em caráter temporário ficarão na função.
Serão temporários, mas por quanto tempo? Até a aposentadoria? É obrigatório explicitar. Deixar claríssimo por qual tempo.
Ao não explicitar o tempo dessa necessidade, o processo adquire conotação de infinitude, de caráter permanente, burlando desavergonhadamente a possibilidade de Concurso Público. Este tipo de Processo Seletivo Simplificado não pode eliminar a possibilidade de Concurso Publico e não pode ter caráter permanente. E este claramente tem. Faça diferente, Sr. Marcelo Machado.

Autor: Montezuma SalesA imagem pode conter: 1 pessoa, óculos de sol, barba e close-up é dentista profissional, advogado e consagrado intelectual de Crateús.

Doutrinador José Matos inspirado em Osho.

NÃO DÊ E NãO CRIE EXPECTATIVAS - Pare de cumprir as expectativas dos outros, porque essa é a maneira de você cometer suicídio. Você não está aqui para satisfazer as expectativas de ninguém e ninguém está aqui para satisfazer suas expectativas. Nunca torne-se uma vítima das expectativas dos outros e não faça qualquer um vítima das suas expectativas.
Isto é o que eu chamo de individualidade. Respeite sua própria individualidade e respeite a individualidade dos outros. Toda a sua vida nada mais é que um suicídio lento. Cumprindo essa expectativa, aquela expectativa... um dia era o pai, outro dia era a mãe, um dia era a esposa, marido, em seguida vêm as crianças – elas também tem expectativas. Então a sociedade, o padre, o político. Todo mundo tem expectativas. E pobre de você, apenas um pobre ser humano – e o mundo inteiro esperando por você para fazer isso e aquilo. E você não pode satisfazer todas as expectativas, porque elas são contraditórias.
Você tem tentado loucamente cumprir as expectativas de todos e você não satisfez ninguém. Ninguém está feliz. Você está perdido e ninguém está feliz. As pessoas que não estão felizes com elas mesmas, não podem ser felizes. Tudo o que você fizer, elas vão encontrar maneiras de estar infeliz com você, porque elas não podem ser felizes.
A felicidade é uma arte que tem que ser aprendida. Não tem nada a ver com o seu fazer ou não fazer. Em vez de agradar, aprenda a arte da felicidade.
Osho
Autor: José MatosA imagem pode conter: 2 pessoas, área interna - DF.